No dia do Filósofo coachs ensinam filosofia errado

Não é segredo para ninguém que há uma grave crise no ensino no Brasil. Ano após ano temos um desempenho pífio no PISA. Menos pessoas participam do ENEM e as nossas escolas estão cada vez mais deterioradas. O salário dos professores continua baixo e os grandes intelectuais desprestigiados – Mortos antes do tempo pela mídia e pela sociedade, que já nem mais se interessa em estudar. Os principais jornais do Brasil abrigam influencers e coachs. Nas livrarias, a seção de filosofia se tornou uma vergonha: Pondé e Karnal as dominam. Pondé lê orelha de livro, nunca estudou e divulga um Nietzsche ao contrário; Karnal certa vez disse que não havia diferença entre uma cenoura e uma vaca, para “criticar” o veganismo. Ele também ensina o imperativo categórico de Kant errado, como se ele fosse uma espécie de instinto animal.

Essas suas figuras, segundo Filósofo Paulo Ghiraldelli, são o ápice da deterioração da educação brasileira. Autor de livros como o best-seller “O que é Pedagogia”, Filosofia e História da educação brasileira ), dentre outros títulos como o livro “As 10 Lições de Sócrates” e Sócrates, pensador e educador.

Dessa vez Karnal foi falar de Sócrates e escorregou. Pegou a frase “conhece-te a ti mesmo” e começou a pregar seu psicologismo de auto-ajuda. Segundo Filósofo Paulo Ghiraldelli, um erro grave: “Os gregos não tinham a mesma noção de subjetividade que a nossa”. Assista o vídeo abaixo e veja crítica: