Reunião fechada dos autores de pedidos de impeachment discute estratégias

Quarta-feira (28/04) foi realizada a primeira reunião fechada dos autores de pedidos de impeachment. Foram discutidas táticas para pressionar o STF e principalmente, o ministro Kasso Nunes que possuí mandados de segurança para pressionar Lira em ler os pedidos de impeachment. Para isso, alguns dos autores, entraram com um segundo mandado de segurança nesta segunda-feira – que vai ser avaliado pelo ministro Marco Aurélio. Foi comentado também o mandado de segurança do PSOL contra Arthur Lira (também planejado em uma reunião anterior apenas com os deputados) que caiu nas mãos do ministro Lewandovski.

“Não há interesse por parte dos políticos no impeachment, eles querem é fazer palanque de carne. A sociedade civil é a mais interessada nesse impeachment”

Uma das autoras comenta “Tentei falar com todos eles, mas só um assessor do Kim Kataguiri havia me respondido”. O movimento foragenocida.com enviou mais de 6000 mensagens para os deputados e senados, mais 300 mensagens por dia via whatsapp e não obteve quase nenhuma resposta por parte dos políticos.

“Não há interesse por parte dos políticos no impeachment, eles querem é fazer palanque de carne” diz uma das organizadoras do Fórum. “A sociedade civil é a mais interessada nesse impeachment” complementa. “Esse espaço é muito importante por conta disso, para que os autores possam discutir juntos essas estratégias para o impeachment acontecer” comenta outra organizadora do Fórum.

O II Fórum dos autores de pedidos de impeachment vai acontecer amanhã (30/04) às 21 horas. Compareça !